domingo, 3 de janeiro de 2010

Maus livros: um fragmento de Nietzsche




Maus livros:


O livro deve gritar depois da pena, da tinta e da mesa de trabalho; mas geralmente a pena, a tinta e a mesa de trabalho são as que gritam depois do livro. É por isso que em nossos dias, os livros são tão pouca coisa.



De O viandante e a sua sombra.

Um comentário:

ROGEL SAMUEL disse...

amigo, o livro deve ter vida própria?