sexta-feira, 2 de abril de 2010

Pião: poema de Geir Campos


Quem te ensinou, pião, a simples arte
de girar e fazer do giro a vida,
vertical sobre o bico - único ponto
de teu corpo, no chão, a suportar-te?
Essa a tua verdade essencial:
como um homem cercado de mentiras,
buscas talvez em torno uma saída
que não achas; e assim debalde giras
num equilíbrio falso, que afinal
se rompe... e ao chão te entregas, todo, tonto.

Do livro Rosa dos Rumos.

Um comentário:

Mai disse...

,Belo e levemente lúdico.

Não conhecia.
abraços