quarta-feira, 26 de outubro de 2011

"O Vosso Tanque, General, É Um Carro-Forte": poema de Bertolt Brecht






Derruba uma floresta, esmaga cem homens,
Mas tem um defeito
-       Precisa de um motorista

O vosso bombardeiro, general, é poderoso:
Voa mais depressa que a tempestade e
transporta mais carga que um elefante.
Mas tem um defeito
-       Precisa de um piloto.

O homem, meu general, é muito útil:
Sabe voar, e sabe matar
Mas tem um defeito
-       Sabe pensar

tradução Joaquim Cardozo

2 comentários:

MIRZE disse...

Quanta genialidade!

Adoro Brecht! Em tudo conciso, humano e generoso em expressar seus pensamentos.

Obrigada, Jefferson!

Beijos

Mirze

Luiz Filho de Oliveira disse...

É, Brecht, tem uma grandeza temática admirável; ele também é um dos que reverencio.Teatro e poesia. Não sei se foi assim que Büchner (escreve-se desse modo?)disse, mas tento (alguém me corrija se erro for!): Wir arm leut! (Nós, gente pobre!). Muito bom, Jefferson.