quinta-feira, 25 de outubro de 2012

“Quando eu te desposar...”: UM POEMA DE HEINRICH HEINE



Quando eu te desposar, teus dias
     Serão dignos de invejas; 
Desfrutarás mil alegrias
     E ociosidade régia.

Hei de perdoar-te mau humor,
     E queixas mas - é claro –
Se não cobrires de louvor
     Meu verso, eu me separo.

Tradução: Nelson Ascher

2 comentários:

teca disse...

Interessante chamamento...

Bom fim de semana, poeta.
Beijo carinhoso.

maria azenha disse...

Maravilhoso, querido Jefferson.

bom fim de semana.
beijinho,