sexta-feira, 3 de junho de 2011

Secos & Molhados e Manuel Bandeira: Rondó do Capitão




Bão balalão,
Senhor capitão,
Tirai este peso
Do meu coração.
Não é de tristeza
Não é de aflição:
É só de esperança,
Senhor capitão!
A leve esperança,
Senhor capitão!
A leve esperança,
A aérea esperança...
Aérea, pois não!
- Peso mais pesado
Não existe não.
Ah, livrai-me dele,
Senhor capitão!

Poema de Manuel Bandeira incluído no livro Lira dos Cinquent'anos
8 de outubro de 1940

2 comentários:

MIRZE disse...

Maravilhoso, Jefferson!

Não sabia que era de Manuel bandeira, essa tirada de bambalalão.

Vou ler todos os outros.

Beijos e gratidão!

Mirze

teca disse...

Você é genial!
Adorei a dobradinha!

Beijos.